© 2019 por Mulino Cidadania

  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone Instagram

Criado por Chrystian Menezes

Search
  • Mulino Cidadania

As vantagens de se tornar um cidadão europeu - de Coisas que eu sei

Milhares de brasileiros possuem ascendência europeia, tanto por parte de países como Itália quanto de Portugal, Espanha, Alemanha, entre muitos outros. E muitos deles sonham em reconhecer sua cidadania europeia para poder iniciar uma vida em outro país. Por este motivo, o post de hoje será para falar para você quais as vantagens de ir atrás desse reconhecimento e se tornar um cidadão europeu.


Em 2016 eu me tornei cidadã italiana, realizando um grande sonho e vendo então a possibilidade de ter acesso à tantas coisas as quais eu sempre planejei viver. Me tornar uma cidadã italiana abriu um leque de inúmeras oportunidades e sonhos, os quais eu não teria se fosse apenas brasileira.


A partir do momento que você se torna um cidadão italiano, ou europeu, independente de qual país seja, você passa a ter oportunidades diversas, principalmente se sua intenção for de residir em algum país da União Europeia.


Me tornei um cidadão europeu, e agora?


Uma das principais vantagens é que você terá uma lista de cerca de 30 países pertencentes à União Europeia (que fazem parte da Área Schengen) para poder morar sem a necessidade de visto ou um limite de tempo de permanência no país.


Poder morar, trabalhar e estudar em vários países


Além de poder morar normalmente, você terá acesso ao ensino público, à saúde, poderá também concorrer a cargos públicos e, principalmente, poderá trabalhar em qualquer um desses países sem a necessidade de um visto de trabalho. Basta você se mudar para o país desejado e você terá uma vida com todos os direitos que todo cidadão europeu têm.


Outro fator muito importante em relação aos estudos, é que você sendo um cidadão europeu pagará valores totalmente diferentes do que se você fosse brasileiro, por exemplo. Isso envolve descontos, ingresso mais facilitado e, principalmente o que, na minha opinião, é mais importante, é realmente a diferença no valor que você pagaria para fazer uma universidade do que um cidadão que não é europeu. Acredite, a diferença é muita!


Qualidade de vida


Se tem algo que move muitas pessoas a se tornarem cidadãos europeus é a questão de ter acesso a uma ótima qualidade de vida. Segurança, saúde, ensino de qualidade, transporte público acessível, produtos e serviços a preços justos são fatores muito importantes para a vida de qualquer pessoa, e esses fatores com certeza estão presentes em vários países europeus.


Poderá viajar bastante!


Essa parte é uma das minhas preferidas! A facilidade com a qual se pode viajar morando na Europa é fascinante! Além dos ótimos preços (sem falar nas companhias Low Cost), tudo funciona muito bem, como, por exemplo, as redes ferroviárias, os ônibus, e tudo com praticidade de compra. Você pode conhecer a Itália toda de trem, conhecer vários países por preços extremamente baixos; lembrando que, você pode fazer tudo isso mesmo se você tiver um padrão de vida simples, sem muito luxo nem nada disso.


Passaporte Vermelho: quais as vantagens?


Já que estamos falando de viagens, que tal falarmos um pouco das vantagens de ter um dos passaportes mais poderosos do mundo? Principalmente se o seu for italiano!

Não sei se você sabe, mas o passaporte italiano está no Top 10 dos mais poderosos do mundo e que te dá acesso a mais de 170 países atualmente (lembrando que esse número pode mudar constantemente).


Viajar para os Estados Unidos sem Visto


Poder entrar em vários países sem ter que solicitar um visto é uma das grandes vantagens do seu passaporte europeu. Você não terá que passar por todo o processo burocrático que é a solicitação de um visto, terá apenas que fazer um requerimento online até 3 dias antes da sua viagem (chamado ESTA:  Sistema Eletrônico de Autorização de Viagem) para poder ir para países como Estados Unidos e Canadá por exemplo.


Evitar filas na imigração dos aeroportos


Todo mundo sabe o terror que é passar pela imigração e ter que comprovar várias coisas (caso exigido) como: declaração dos valores de dinheiro que você possui, o motivo da viagem, seguro saúde, entre outros fatores. Quando você é um cidadão europeu você pula toda essa parte e vai para a fila dos europeus, não tendo que comprovar nenhum desses pontos citados anteriormente, além de economizar muito tempo na fila!


Morar por até 2 anos na Austrália


Que tal morar por até 2 anos em um dos melhores países do mundo podendo estudar e/ou trabalhar normalmente? A Itália é um dos países com o qual a Austrália tem um acordo, o qual te permite solicitar o Working Holiday Visa, onde você pode trabalhar e estudar normalmente no país, podendo renovar por até 2 anos. Se você gostou dessa notícia, pesquisa agora mesmo sobre e arrume sua mochila e partiu Austrália!


Viajar apenas com o documento de identidade


Em todos os países pertencentes à União Europeia e que estão no Acordo Schengen, você não precisará utilizar seu passaporte para viajar: basta apensas seu documento de identidade! Você poderá usá-la também na Irlanda e Reino Unido e também nos seguintes países que não fazem parte da UE: Bósnia, Andorra, Vaticano, Islândia, Noruega, Suíça, Sérvia, São Marinho e Principado de Mônaco.


Pronto para reconhecer sua cidadania?


E aí, que tal reconhecer sua cidadania e fazer parte desse mundo cheio de oportunidades? Existem muitas outras vantagens, mas trouxe algumas para vocês e espero ter ajudado de alguma forma! Agora, é só tomar coragem, juntar uma grana e partiu Europa haha


A gente se vê no próximo post!


Não esquece de ver o vídeo no canal sobre o tema de hoje!



623 views1 comment